[dropcap style=”style3″]N[/dropcap]o começo, era um diário. Cresceu e virou um blog de viagens. Ganhou novas aparências e formatos. Recebeu visitas e comentários inspiradores. Mas com o tempo, virou uma obrigação, uma coisa burocrática, chata mesmo. Até que o ânimo esfriou, as postagens foram diminuindo e ele ficou ali meio abandonado, apesar de ainda receber visitantes curiosos com alguma frequência. A vida sofreu um deslocamento de base do Rio para São Paulo, muitas coisas aconteceram e por pouco o projeto não foi totalmente descartado.

Foram muitas dúvidas e tentativas de retorno. Às vezes, quase ia. Depois, voltava a empacar. Valia realmente a pena? Foi divertido durante um tempo, mas o tesão não era mais o mesmo. A internet saturada de coisas semelhantes, que diferença faria mais um do mesmo? A verdade é que sempre fez diferença pra mim. Um registro despretensioso das viagens, um caderno digital de boas lembranças, um meio de vencer o tédio.

E as viagens nunca pararam. Pelo contrário, continuam no mesmo ritmo, proporcionando o mesmo prazer, ou melhor, cada vez novos prazeres diferentes. E em muitas dessas aventuras continuei recorrendo aos blogs de viagem para me informar e conseguir boas dicas. E se eu também tenho a minha bagagem de informações, mesmo que ainda modesta, por que não continuar tentando ajudar outros viajantes independentes? Tanto para ser escrito, revivido, compartilhado. Vale o risco, vale recuperar o ânimo. É hora de voltar.

Voltei a morar no Rio. E voltei com o objetivo de ressuscitar o blog ‘Carioca em fuga’. Fiz alguns ajustes, mudei o logotipo, transferi o conteúdo do Blogger para o WordPress, dei uma reformulada no layout e comecei a ter umas ideias novas de posts. A missão é deixar o blog com uma aparência mais profissional, mas sem perder a informalidade dos textos. E dessa vez manter uma frequência maior de novidades.

A fase é de testes e ajustes. Vamos melhorando aos poucos. Algumas questões técnicas ainda podem ser aperfeiçoadas. Quem quiser ajudar, opinar, criticar, não se acanhe. A caixa de comentários nos posts e a página Fale Conosco (no menu acima) estão aí para isso. Espero que tenham gostado das mudanças. Aproveitem os textos novos, sigam o blog pelas redes sociais e compartilhem também suas experiências de viagem.

Para voltar a curtir o ‘Carioca em fuga’, sugiro a leitura do especial sobre o trekking até o topo do Monte Roraima (que fiz há pouco mais de um mês) e uma crônica sobre viagens pela América do Sul.

Seja você um leitor dos velhos tempos ou um novo visitante, bem-vindo!